Bolachas Sablé Breton com côco


Sabe aquelas bolachas típicas francesas, com sabor a manteiga, crocantes mas que, ao mesmo tempo, se desfazem na boca? Pronto, vá lá colocar a chaleira ao lume, porque a receita acabou de chegar e veio para ficar!

Esta minha versão tem côco ralado; já bem, um dos meus sabores preferidos. Espero que nenhum Bretão de gema leve a mal esta minha adaptação 😊


INGREDIENTES
150 gramas de açúcar mascavado
150 gramas de manteiga fria, cortada em cubos
200 gramas de farinha s/ fermento
25 gramas de côco ralado
5 gramas de fermento em pó para bolos, tipo Royal
3 gemas de ovos grandes

PREPARAÇÃO
Coloque todos os ingredientes, à excepção das gemas, na taça da batedeira ou no processador de alimentos. Se não tiver amassadeira ou processador, pode perfeitamente executar esta tarefa com as pontas dos dedos.
Processe, com a pá/raquete, até obter uma mistura esfarelada.
Adicione as gemas e misture até obter uma massa homogénea.
Coloque a massa obtida entre duas folhas de papel vegetal e estique, até obter uma lâmina de massa com cerca de 6 mm de espessura. Não adicione farinha; se a massa começar a agarrar ao papel, vá descolando o mesmo, e dê a volta às folhas.
Corte as bolachas ajudando-se de um cortador redondo com cerca de 5/6 cm de diâmetro e coloque-as, com algum espaço de separação entre elas, num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Junte os excedentes de massa, evitando amassar, e estenda novamente. Rende cerca de 18 bolachas.
Leve o tabuleiro, com as bolachas, ao frigorífico durante cerca de meia hora.
Entretanto, aqueça o forno nos 160º com ventilação, ou 180 sem ventilação.
Leve as bolachas ao forno durante cerca de 18 minutos, ou até que se apresentem com um dourado uniforme.
Retire as bolachas do forno e, ainda quentes, ajudando-se do mesmo cortador que utilizou, corrija a forma das bolachas, que devem ter expandido ligeiramente durante a cozedura.
Retire-as para uma rede e deixe arrefecer completamente antes de guardar em frascos com fecho hermético.

DICAS
  • Evite manusear a massa em demasia, pois as bolachas irão perder a crocância
  • É importante que a manteiga esteja praticamente gelada, caso contrário, depois da massa pronta, veremos-nos obrigados a esperar mais meia hora para poder formar as bolachas