Pastéis de nata


Com ou sem canela, comidos à mão ou com colher, tenho a certeza que ninguém resiste a estes pastéis que dispensam apresentações!

INGREDIENTES
300 gramas de massa folhada (de qualidade)
250 ml de leite gordo
30 gramas de farinha
250 gramas de açúcar
125 ml de água
4 gemas
1 pau de canela
1 limão

PREPARAÇÃO
Comece por ligar o forno  (doméstico) na potência máxima, com calor por cima e por baixo.
Coloque a água e o açúcar num tachinho. Leve ao lume e, assim que começar a ferver, conte 3 minutos. Retire e deixe arrefecer.
Entretanto, num recipiente, dissolva a farinha em 50 ml do leite.
Coloque o leite restante (200 ml) num tachinho juntamente com o pau de canela e a parte amarela da casca de meio limão. Leve ao lume, até começar a ferver.
Retire o pau de canela e a casca de limão e adicione, sem parar de mexer, à mistura de leite frio e farinha.
Volte a colocar tudo no tacho e leve novamente ao lume, sem parar de mexer, até engrossar. Retire do lume e deixe arrefecer.
Quando ambos preparados estiverem mornos, junte-os e misture bem.
Adicione as gemas, previamente passadas por um coador e volte a misturar, mas sem bater demasiado para evitar a formação de espuma.
Estenda a massa folhada ou, no caso de. já vir estendida, desenrole. Pincele com um pouco de água e enrole, formando um cilindro com cerca de 2 cm de diâmetro. Deixe repousar um pouco.
Corte o cilindro de massa em 16 porções/rolinhos com 1,5 cm a 2,5 cm de grossura. Distribua-os pelas 16 forminhas, deixando a superfície de corte na vertical.
Segure uma forma com uma mão e molhe o dedo polegar da outra mão num pouco de água fria; vá rodando a forma, e alargando uma cavidade no centro da massa, tudo com o dedo polegar.
Repita o processo e coloque as formas num tabuleiro.
Encha as formas até 3/4 da sua capacidade e leve ao forno durante cerca de 12 minutos, ou até que fiquem bem queimadinhas por cima.
Retire do forno e pulverize, de imediato, com um pouco de água fria, para parar a cozedura.
Não se demore, desfrute destas delícias ainda mornas com uma chávena de café a acompanhar.

DICAS

  1. Na impossibilidade de preparar a massa folhada em casa, recorra a uma padaria/pastelaria, normalmente não têm problemas em vender a massa crua.
  2. Se optar por comprar a massa folhada no supermercado, prefira a congelada às refrigeradas, que não têm tão bom desempenho.
  3. Estes pastéis devem ser cozidos no forno a uma temperatura elevada, entre os 270 e os 300º. Como os fornos domésticos têm como limite 250º, é crucial ligá-lo na potência máxima, com calor em cima e em baixo, e depois.
  4. Não encha demasiado as formas, pois o recheio pode crescer ligeiramente e tapar o bordo de massa, evitando que esta folhe.
  5. As formas para os pastéis são mais baixas e abertas do que as próprias para queques, como estas.






2 comentários

  1. Há muitos anos atrás estive desempregada e tive que tirar um curso de pastelaria, a coisa que mais de fazer eram as natas.
    Adorava fazer a massa depois abrir nas formas.
    Essas natinhas estão uma maravilha.
    Boa semana

    ResponderEliminar
  2. ho se gosto e estas elas estam com um aspecto mt bom e com canela hummm bjs

    ResponderEliminar

Deixe aqui o seu comentário