Popsicles de melancia | receita sem açúcar


Nestas últimas semanas não é só o calor que tem apertado, o tempo também tem apertado comigo e, apesar de saírem praticamente todos os dias novas receitas desta cozinha, nem todas vêm aqui parar... E perguntam vocês PORQUÊEEEE?! Pois, eu adoraria partilhá-las todas convosco, mas não posso... Quer dizer, eu até as partilho, mas digamos que andam um bocadinho espalhadas por muitos outros sítios deliciosos... Querem saber onde?
Aqui, neste sítio novo, fresco, moderno, cheio de dicas, sujestões e tendências :) No Valete de Copas podem encontrar algumas receitas minhas, daquelas rápidas, deliciosas e (só algumas) saudáveis... Passem por lá e deixem-nos a vossa opinião, teremos muito gosto em receber-vos na nossa nova casa.
Ah, podem também encontrar algumas receitas elaboradas com os deliciosos queijos da marca portuguesa Tété Aqui ;)
Como vêm, não estou parado, mas quando o faço desfruto de uns deliciosos gelados caseiros, estes sim saudáveis!

Panacotas de coco e matcha


Além da sua cor verde que salta à vista, o matcha é reconhecido pela sua capacidade antioxidante. Poderá dizer-se que está na moda, mas há séculos que este chá verde é utilizado na cultura asiática e, mais recentemente, na nossa.
A verdade é que, além de aportar um sabor característico, o matcha dá às sobremesas um ar mais requintado e atrevido!

Frittata de pimentos


Normalmente não tenho de me preocupar com as refeições cá de casa, mas por vezes é necessário preparar refeições mais rápidas e descomplicadas, e é nesse momento que dou prioridade aos  pratos de ovos que, por sinal, abundam! Sim, as minhas galinhas decidiram trabalhar em série e, apesar de gastar bastantes ovos em doces, reconheço que me custa dar vazão à produção delas!
Se não gostarem de pimentos não se acanhem, substituam-nos por espargos, favas, ervilhas, alho francês, pelos legumes de que mais gostarem! Vão ver que fica igualmente deliciosa.

Bundt Cake de morangos


Já fiz tartes, bavaroises, panacottas, cheesecakes, e bolos com recheio de morangos, mas nunca me tinha dado para fazer um bolo com morangos no interior, sob a forma de puré.
Após várias pesquisas, decidi experimentar esta receita que é da Bea Corazón de Caramelo, uma blogger espanhola que sigo há bastante tempo.
Deixem que vos diga: o bolo fica tão húmido e saboroso, que me arrependo de não o ter experimentado há mais tempo!

INGREDIENTES
350 gramas de açúcar
450 gramas de farinha sem fermento
16 gramas de fermento em pó para bolos
400 gramas de morangos
4 ovos grandes
200 ml de óleo
1 limão (raspa da casca)
Açúcar em pó q.b para polvilhar

PREPARAÇÃO
Pré-aqueça o forno nos 170º.
Unte uma forma para com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
Triture ligeiramente os morangos com a varinha mágica ou na liquidificadora.
À parte, peneire a farinha juntamente com o fermento. Adicione a raspa da casca do limão e reserve.
Bata os ovos com o açúcar até obter um creme fofo e volumoso.
Reduza a velocidade da batedeira e adicione o óleo em fio.
Adicione o puré de morangos e bata até estar completamente integrado na massa.
Adicione a farinha, aos poucos, batendo na velocidade mínima.
Verta a massa na forma, dê umas pancadas em cima da bancada de cozinha para eliminar possíveis bolsas de ar e leve ao forno durante cerca de 50 minutos. Faça o teste de palito.
Quando estiver cozido, retire o bolo e deixe-o arrefecer durante cerca de 10 minutos em cima de uma grelha.
Desenforme e deixe acabar de arrefecer na grelha.
Sirva polvilhado com um pouco de açúcar em pó.







SalvarSalvar

Tarteletes crumble de morango


Alguns produtos não precisam de grandes tratamentos para nos brindarem deliciosas experiências; basta serem de qualidade e serem tratados com carinho. É o caso dos morangos que utilizei nesta receita, excelente para tardes chuvosas de primavera, em que nos apetece um docinho especial.

Bolo chiffon de chocolate


A receita chegou ontem na última newsletter da Yämmi. E não poderia ter chegado em melhor momento: apesar de ser o dia da mãe, não tem havido muito descanso por estes lados. A receita é super rápida fácil e económica. O melhor de tudo é que, quem tiver robot com  utensílio de cozer a vapor, nem precisa de ligar o forno!

Arroz doce, a sobremesa que nunca passa de moda


É, sem dúvida, a minha sobremesa preferida; e passou tanto tempo desde que a fiz pela última vez, que esta semana não resisti voltei a preparar o meu arroz doce, bem cremoso e aromático.