Donuts


Podem não ser círculos perfeitos e não falar americano, mas estas argolas fofas, doces e gulosas animam o dia de qualquer pessoa!

Bolo de maçã sem glúten | e sem lactose |


É domingo e está um dia fantástico (apesar do frio). Bastam estes dois motivos para voltar a ligar o forno e fazer um bolo, não concordam?
Esta receita, adaptada para aquelas pessoas que são intolerantes ao glúten, é rápida, económica e a companhia perfeita para uma chávena de chá, bem quente!

O momento para...

Esta semana, com o motivo do Black Friday, os descontos nas lojas ficam ainda maiores e, estando o Natal ao virar da esquina, é o momento ideal para comprar aquele presente para os amigos ou familiares, mas é também o momento para oferecermos a nós próprios aquele mimo!

E como um dos meus melhores ajudantes é o robot de cozinha, trago-vos uma seleção daqueles que estão com os melhores descontos, ora vejam:

Mini bolos de limão e framboesa glaceados


O limão é dos citrinos mais versáteis na cozinha: não só serve para aromatizar sobremesas e bolos; é um excelente tempero para peixes e pratos de aves, mas pode ser ainda utilizado para dar aquele twist ácido a alguns pratos mais pesados.
Não faltam cá no Faz e Come receitas de queques, tartes e bolos de limão, encontrem-nas utilizando o campo "pesquisar" na barra lateral, escrevendo "limão".

Quanto a estes mini bolos, tenho apenas a dizer que são frescos, fofos e deliciosos!

Prinsesstårta | Bolo princesa | e um mundo mais doce


As queridas Susana e Lia dos blogues Basta Cheio e Lemon and Vanilla respetivamente, continuam com o seu projeto #sweetworld, do qual já vos falei  e participei aqui. Este mês, o desafio das bloggers passa por confecionar uma das sobremesas mais elegantes que alguma vez me atrevi a preparar: o Prinsesstårta . Trata-se de um doce composto por vários elementos: genoise (pão de ló), chantilly, creme pasteleiro, doce de morango ou framboesa e ainda uma cobertura em massapão verde.
Confesso que, assim que vi a receita publicada pela Susana, hesitei em participar, mas já todos sabem como gosto de desafios!
Na minha opinião, é mais fácil construir esta sobremesa se tivermos um recipiente semiesférico e o utilizarmos como molde; foi este o método que adotei para estruturar a minha princesa.
Quanto aos vários elementos, são receitas básicas que podem encontrar em qualquer livro de cozinha, desde que elaboradas com os melhores ingredientes.

Hokkaido Leopardo


O Hokkaido é um dos meus brioches preferidos. Faz referência à ilha japonesa de Hokkaido e é, tradicionalmente, preparado com o leite da mesma região, daí o nome.
Com ou sem leite japonês, este pão de leite é dos mais fofos que conheço, e o seu miolo praticamente branco, tão leve que parece uma nuvem, característica que lhe é conferida pela utilização de um préfermento: o Tangzhong, que consiste na elaboração de um creme de farinha e leite ou água.
Mas que tem o hokkaido a ver com o pão leopardo, pensam vocês... Tudo! Tem a ver que, passando por um dos meus blogs preferidos, o Coco e Baunilha da querida Patrícia, o leopardo saltou-me à vista mas, como gosto tanto da massa do hokkaido, fiz a minha versão:  um pão leopardo com massa japonesa.
Eu sei que o da Patrícia está mesmo perfeito, com as manchas tão marcadas que chegam a parecer um verdadeiro leopardo, mas fiquei tão satisfeito com este resultado, que só não o repeti pelo medo de não lhe resistir.

Laranja confitada


É inevitável não começar a pensar no Natal e nos doces que costumo fazer por essa altura.
Sonhos, coscorões, tronco de natal, pastéis de gila, pandoro e bolo rei são apenas alguns dos responsáveis pelos quilos acumulados na semana que vai do natal ao ano novo...
Quem fala de bolo rei fala, obviamente, de uma massa fofa e saborosa, aromatizada com aquele vinho do Porto que o meu primo traz directamente do Douro, de produção caseira e um sabor inconfundível. Já os frutos secos, à exceção das passas, são também oferecidos por vizinhos ou, no caso das nozes, colhidos no pomar cá de casa. Quantos aos cristalizados, confesso que não somos muito fãs cá em casa, pelo que se evita a sua utilização, à excepção dos citrinos. Todos adoramos as cascas da laranja e tangerina cristalizadas e estas sim, são confitadas cá em casa com alguma frequência, pois adoro banhar algumas em chocolate e desfrutar delas em dias como hoje, frios, em que inauguramos a temporada da lareira.

Rosquilhas de Gondomar

Já vos tinha falado do novo livro da minha amiga Rocío aqui, e há uns dias que andava com vontade de experimentar algumas receitas. Decidi começar por esta que, apesar de ser das mais simples, resulta numas rosquinhas bem aromáticas e deliciosas, que aguentam vários dias.
Estas rosquilhas de Gondomar (Galiza) são também uma excelente opção para  a mesa de natal, ou para colocar em pequenas latas e oferecer.

Cinnamon rolls


Frigideira De Buyer www.lecuine.pt
Com o surgimento do Senhor Brioche, aumenta a necessidade de desenvolver, testar e aperfeiçoar alguns dos produtos que serão apresentados no espaço físico. Contudo, isso não implica deixar de partilhar algumas dessas receitas convosco. E esta, que hoje vos apresento, podem contar de vê-la por lá para adoçar os vossos pequenos almoços e lanches.
Trata-se dos tradicionais cinnamon rolls- uns rolinhos de massa tipo brioche com um intenso sabor e aroma a canela que desaparecem num instante!
A receita vem hoje adaptada para quem tem robot de cozinha, mas mais abaixo encontram também a versão tradicional, amassada à mão.