Hoje trago-vos estes deliciosos éclairs, em versão miniatura, cujo sabor me transporta até França. O recheio, com um sabor forte a café e de uma cremosidade suprema, eleva este doce a um nível ainda mais elevado.
E é que às vezes, quando me fecho na cozinha, sozinho, com o calor do forno e o cheirinho das delícias que de lá vão saindo, chego a fechar os olhos e imaginar-me nas ruas de Paris, a entrar e sair em todas as pastelarias, percorrendo aquele aroma a pão e croissants acabados de sair do forno. 

INGREDIENTES

Para a massa
75 gramas de manteiga
1 colher de chá de sal
150 ml de água
125 gramas de farinha
3 ovos 

Para o recheio
6 gemas
200 gramas de açúcar
60 gramas de maizena
500 ml de leite meio gordo
1 colher de chá de extrato de baunilha
250 gramas de manteiga sem sal
2 colheres de sopa de café instantâneo

PREPARAÇÃO
Coloque a água, a manteiga e o sal num tacho e leve ao lume, até começar a fervilhar.
Adicione a farinha de uma só vez e mexa, até formar uma pasta.
Retire do fogo e, quando estiver morno, adicione os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição. Pode recorrer à batedeira ou varinha mágica.
Ligue o forno nos 200º.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e, com a ajuda de um saco pasteleiro com boquilha lisa (10 mm), tenda pequenos cilindros com cerca de 6 cm de comprimento, tendo o cuidado de deixar 5 cms entre cada porção.
Leve ao forno durante cerca de 25 minutos, até crescerem, ficarem dourados e crocantes. Deixe arrefecer dentro do forno com a porta entreaberta.

PREPARAÇÃO DO RECHEIO
Coloque num recipiente as gemas, o açúcar, a maizena e cerca de 50 ml do leite. Misture bem até tudo estar dissolvido.
Leve o restante leite juntamente com o café ao lume num tacho, juntamente com a vagem da baunilha. Assim que o leite ferver retire a vagem de baunilha e, sem parar de mexer, verta-o no recipiente com os restantes ingredientes, sem parar de mexer.
Volte a colocar tudo no tacho e leve ao lume, mexendo com umas varas de arame, até engrossar. Retire para um recipiente e cubra com película aderente. Leve ao frio para arrefecer.
Depois de completamente frio, bata o creme juntamente com a manteiga, que deverá estar a temperatura ambiente, até este ficar esponjoso e suave. Coloque-o num saco pasteleiro com uma boquilha larga em forma de estrela. 

Corte os éclairs ao meu, na longitudinal. Recheie generosamente e coloque a "tampa".

Opcional
Misture um pouco de café expresso frio com açúcar em pó até obter uma pasta e pincele os éclairs.
Decore com alguns grãos de café torrado.






6 comentários

  1. Bem, que aspecto lindo, nem tenho palavras!!! Adoro doces feitos com café.
    https://bloglairdutemps.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E estes ficaram mesmo deliciosos, uma tentação!
      Beijinhos, Ruth

      Eliminar
  2. Boa tarde Rui.
    Desde já aproveito para dizer que adoro o blog, o insta, a página de facebook do *Faz e Come*!
    Gostaria de lhe perguntar qual a razão da adição da manteiga ao creme de pasteleiro nesta receita.
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Dulce,
      É tão gratificante poder ler comentários como o seu! Agradeço que me siga aqui e nas outras redes sociais e que goste do que por lá acontece :)

      A adição da manteiga ao creme pasteleiro já frio faz com que, ao ser batido, fique fofo com a textura de uma mousse e com um delicioso sabor, chama-se a este creme pasteleiro batido com manteiga "Mousseline". Aconselho-a a experimentar, fica delicioso para rechear bolos, profiteroles e até mesmo comer à colher, quando ninguém vir ;)

      Um abraço

      Eliminar
  3. Deliciosos com toda a certeza!!! As fotos estão soberbas!! Parabéns :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigado Luísa, um abraço e bom fim de semana ;)

      Eliminar

Contact

INSTAGRAM FEED

© Faz e Come
Design by The Basic Page