Pães de Deus


Este é daqueles pães doces que nunca faltaram cá em casa quando era mais pequeno.
Em dias de feira não costumava pedir roupa nem brinquedos, e a  minha mãe já o sabia, ela sabia que quando chegasse a casa com um pão de Deus, às vezes ainda morno, o meu sorriso era garantido. Ainda me lembro daquele sabor, bem mais doce do que o da versão que vos trago aqui hoje, mas delicioso, com bastante coco húmido por cima.

Gelados magros de morango

 Quem tem crianças em casa acaba sempre por ceder na hora da sobremesa ou do lanche e nesta época os gelados são os "reis da festa". Uma vez que os gelados de compra têm adicionados muitos açúcares e ingredientes menos saudáveis, o melhor é mesmo prepará-los em casa, com ingredientes que temos no frigorífico.

Cocktail de verão


É fã de arriscar e de experimentar coisas novas, sem pensar muito nisso?
Com este cocktail, vamos dar um novo sabor ao verão.
Chegou uma nova forma de consumir Jameson: um cocktail com ginger ale e lima - a combinação improvável de três elementos refrescantes que realça o melhor de cada um - perfeito para os dias mais quentes!

Salada de arroz integral com legumes e pistácios


Se é daquelas pessoas que gosta d elevar marmita para a praia, mas nem por isso lhe apetece carregar sandwiches, saladas e outras coisas menos saudáveis, esta receita é para si: cabe num frasco, pode ser comida à medida que a fome vai aparecendo e o melhor de tudo, é saudável.

Águas aromatizadas

6 Passos para Preparar Água Aromatizada

Foto Pesquisa Google
Preparadas com fruta ou legumes, com ervas ou especiarias, de um único sabor ou misturadas como preferir, as águas aromatizadas vieram para ficar e recomendam-se.
As águas aromatizadas caseiras, que apresento hoje e vou ensinar a preparar facilmente, proporcionam nutrientes e vitaminas desintoxicantes benéficas para o organismo, para uma saúde mais equilibrada, com tão poucas calorias.  

Aprenda em 6 passos como fazer esta refrescante bebida e traga um colorido saudável ao seu verão.

Tarte de Santiago


Hoje celebra-se o dia de Santiago Apóstol na vizinha Galiza (estou a escassos kms); é feriado e achei que seria o momento ideal para voltar a fazer a típica Tarta de Santiago, que não é mais do que uma tarte simples feita com ovos, de preferência biológicos, amêndoa moída e açúcar. Há quem faça uma "concha" com massa quebrada, mas a receita tradicional é assim simples.

O bolo de aniversário da melhor mãe



Mais um ano que passa e mais um aniversário que conta a minha jovem mãe. Sim sim, só faz 53, mas não se admirem porque, afinal, eu ainda sou uma criança :D

Bolo de tâmaras (e arandos)


Esta é, nem mais nem menos, a receita do bolo de tâmaras do Jamie Oliver. Quer dizer, mais ou menos... Eu confesso! Sou daquelas pessoas que faz a lista das compras e prepara a mise-en-place antes de fazer qualquer receita, a não ser que a ideia seja mesmo improvisar (não era o caso) mas, por qualquer razão, só tinha uma embalagem de tâmaras em vez de duas e na garrafeira não havia rum... Ainda pensei abortar a missão mas, entretanto, mandei-me para a despensa e encontrei um pacotinho de arandos desidratados e uma garrafa de um bom vinho do Porto branco.
Não é o bolo de tâmaras do Jamie, mas estou certo de que não lhe ficou nada atrás...

"Éclairs au café"


Hoje trago-vos estes deliciosos éclairs, em versão miniatura, cujo sabor me transporta até França. O recheio, com um sabor forte a café e de uma cremosidade suprema, eleva este doce a um nível ainda mais elevado.
E é que às vezes, quando me fecho na cozinha, sozinho, com o calor do forno e o cheirinho das delícias que de lá vão saindo, chego a fechar os olhos e imaginar-me nas ruas de Paris, a entrar e sair em todas as pastelarias, percorrendo aquele aroma a pão e croissants acabados de sair do forno. 

Tarte de morangos



Esta é mais uma daquelas receitas clássicas, que nunca passam de moda mas também não deixam de agradar. Simples, deliciosa, elegante e aconchegante depois de um almoço descontraído. Excelente para quando vamos jantar a casa de alguém e não queremos ir de mãos a abanar, mas também para receber amigos em casa, ao pequeno almoço.

INGREDIENTES

Para a massa:
260 gramas de farinha de trigo sem fermento
2 colheres de sopa de açúcar em pó
125 gramas de manteiga fria
50 gramas de farinha de amêndoa

Clafoutis


Os eventos gastronómicos e reuniões de bloggers são sempre, a meu ver, positivos. Não apenas pelo fato de nos serem apresentadas novas empresas, produtos ou serviços, mas também porque são excelentes pontos de encontro para rever ou conhecer pessoas. Este ano, no Salão de XANTAR, em Ourense, tive a oportunidade de partilhar mesa e algumas palavras com a simpática e talentosa Tere do blog Un Momento Dulce que, estes dias, partilhou a sua receita da tão afamada sobremesa francesa: o Clafoutis.

Coco e Baunilha: Bolo de matcha, morango e framboesa com mascarpone...

Mas que elegância, Por favor!!!



Muitos parabéns, Patrícia! Adoro as tuas fotos e o sabor deste bolo deve ser qualquer coisa... também ando ansioso por experimentar alguma receita com matcha. Beijinhos!

Coco e Baunilha: Bolo de matcha, morango e framboesa com mascarpone...: Mais um aniversário na família e este foi o bolinho que fiz para celebrar. Com o calor que tem feito aqui no Sul,  pensei num bolo de a...

Bundtcake de limão e cerejas


Hoje trago-vos a receita de um daqueles bolos excelentes para comer todos os dias, sem excepção; não porque não seja calórico (muito pelo contrário), mas porque se trata de um bolo versátil, que tanto acompanha uma chávena de café ao pequeno almoço ou lanche, como faz um brilharete quando servido depois da refeição, em modo sobremesa.

Na cozinha com a Marta Dionísio


Certamente já tenham ficado a babar pelas receitas e fotos do blog Intrusa na Cozinha. Quando abro este magnífico blogue, cada foto transmite-me logo o amor que existe em todo o processo de confecção da receita. A responsável por toda esta sedução chama-se Marta Dionísio e deixa-nos, hoje, sermos os intrusos e falou-nos sobre si e sobre o excelente trabalho que faz lá no blog. 



F&C  Quem é a Marta Dionísio?
Marta D. Sou uma jovem mulher, com 41 anos, apaixonada pela vida, pelos meus dois filhos e pela minha cara-metade. Sou uma pessoa feliz e de sorriso fácil. Amo viver…. e comer! J

F&C  Como surgiu o “Intrusa na Cozinha”?
Marta D. O “Intrusa na Cozinha” surgiu numa fase da minha vida em que precisava muito de encontrar uma ocupação que me realizasse, que me completasse.
Nessa fase visitava muitos blogues (era uma verdadeira “intrusa” na cozinha dos outros!) em busca de inspiração para receitas, e houve um dia que achei que também eu poderia criar o meu espaço, para partilhar as minhas escolhas/receitas. Que poderia ser esse o meu projeto.
Da ideia à ação não demorou muito, e depressa nasceu o “Intrusa na Cozinha”. O gosto pela cozinha, aliado ao gosto pela fotografia, foi ganhando cada vez mais importância e hoje em dia o blogue tem um papel muito importante na minha vida, na forma como me realizo enquanto mulher, enquanto pessoa. Já lá vão quase 6 anos… 6 bons anos. Sempre a evoluir, sempre a melhorar.

Flores de curgete recheadas



O melhor do verão é, sem dúvida, a abundância de fruta e legumes. Cá em casa, apesar de haver horta e produzirmos hortícolas e frutívoras para auto-consumo, falamos das Flores da Aldeia, cujos produtos fazem assiduamente parte do menu.