Red Bundt Cake de Natal

DSC_0070.jpg


Paz, serenidade, alegria, saúde e, não menos importande, amizade, são os meus desejos para esta época que tanta nostalgia nos traz.


 


Bom Natal!


 


Ingredientes para o bolo:
100 gramas de creme culinário (usei Vaqueiro líquida)
200 gramas de açúcar
275 gramas de farinha com fermento
1 colher de chá de fermento
1 colher de café de sal fino
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de sopa de cacau
2 colheres de chá de vinagre de frutos vermelhos
1 frasco de corante vermelho em gel (28 gramas)
2 ovos grandes
200 ml de leite

Ingredientes para a cobertura:


175 gramas de queijo creme (usei Cool light da Saloio)
200 gramas de açúcar em pó
125 gramas de manteiga sem sal à temperatura ambiente
100 ml de natas para bater


1 colher de café de extracto de baunilha
Folhas de hortelã e suspiros para decorar

Preparação do bolo:
Ligue o forno nos 170º.


Unte uma forma para bundtcake   com manteiga e polvilhe-a com farinha. 
Peneire a farinha, o fermento, o cacau, o bicarbonato e o sal para um recipiente.
À parte, bata o creme culinário juntamente com o açúcar até obter um creme esbranquiçado. Adicione os ovos, um de cada vez, sem parar de bater.
Misture o vinagre com o corante em gel e adicione-o ao preparado anterior.
Adicione a mistura dos ingredientes secos à massa, alternando com o leite, sendo que a última parte a aser adicionada deverá ser a dos ingredientes secos.
Misture bem até não ter grumos.
Verta o preparado na forma e leve a forno préaquecido nos 170º durante cerca de 35 a 40 minutos. Faça o teste do palito.
Deixe arrefecer durante 10 minutos antes de desenformar sobre uma grelha para arrefecer completamente.

Preparação da cobertura:
Bata o queijo creme com o açúcar em pó e o extrato de baunilha.
Sem parar de bater, adicione a manteiga e bata energicamente. Adicione as natas e bata até obter um creme fofo e leve.


Barre o topo do bolo com o creme  e decore a gosto.


DSC_0065.jpg


DSC_0066.jpg


DSC_0067.jpg


 

Pandoro (na yammi)

DSC_0594.jpg
Este pão doce italiano que vos trago hoje é uma excelente opção para a vossa mesa de natal. Trata-se de um pão doce tão fofo e aromático que pode ser consumido inclusive vários dias após a abertura.
Para facilitar, explico-vos como prepara-lo com a ajuda da Yammi, que podem adquirir nas lojas Worten ou Continente e que, tenho a certeza, irá ajudar bastante na cozinha aí de casa!

INGREDIENTES
310 gramas de farinha tipo 65
40 gramas de manteiga
90 gramas de açúcar
25 gramas de fermento fresco de padeiro
3 gemas
1 ovo inteiro
1 limão (raspa da casca)
50 gramas de natas para bater
1 colher de chá de sal fino
1 colher de chá de essência de baunilha qb
Açúcar em pó para polvilhar

PREPARAÇÃO
Coloque no copo 40 gramas de farinha, 5 gramas de açúcar, o fermento, uma gema e 65ml de água. Programe 2 Min. a 37º na Vel. 4.
Deixe levedar, com o copo tapado num local morno, durante uma a duas horas, até ter duplicado o seu volume.
Adicione 80 gramas de farinha, 15 gramas de manteiga a temperatura ambiente, 45 gramas de açúcar e uma gema. Amasse 2 Min. na função Amassar. Deixe levedar durante mais uma a duas horas, tapado, até voltar a duplicar o volume.
Adicione mais 190 gramas de farinha, 25 gramas de manteiga, 40 gramas de açúcar, uma gema, o ovo inteiro, a baunilha, a raspa da casca de limão, as natas e o sal. Programe 3 Min. na função Amassar, até descolar das paredes do copo. Adicione um pouco de farinha pelo bocal, caso seja necessário.
Coloque a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha, forme uma bola e coloque-a numa forma para Pandoro previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha. Tape com um pano e deixe levedar até encher praticamente a forma. Como a temperatura ambiente da minha cozinha é baixa, a mim demorou-me cerca de 8 horas.
Coloque um recipiente com água dentro do forno e ligue-o nos 190º. Coloque o pandoro no forno e, passados 15 minutos, baixe a temperatura para os 160º e deixe cozinhar por mais 20 minutos, aproximadamente. Faça o teste do palito.
Deixe arrefecer durante 5 minutos antes de desenformar.
Sirva polvilhado com açúcar em pó.


DICAS

Como opção, pode cortar o Pandoro em fatias na longitudinal e sobrepô-las, barrando cada camada com creme de chocolate e avelãs ou outro do seu agrado.
DSC_0572.jpg

DSC_0576.jpg

DSC_0577.jpg

DSC_0580.jpg

DSC_0584.jpg

DSC_0587.jpg

DSC_0588.jpg

DSC_0594.jpg

DSC_0598.jpg




O bolo de iogurte da Micas

DSC_0524.jpg


Porque de vez em quando sabe bem agradecer àquelas pessoas que fazem parte da nossa vida hoje partilho convosco esta receita, da autoria da Micas.


Quem é a Micas? Perguntam vocês...  Uma colega de traballho, uma amiga, uma mãe postiça.. (às vezes, quando a chateio muito muito ela diz, sorrindo que, como o filho, da minha idade, vive longe, eu faço o papel dele).


Fofo, simples mas muito aromático, este bolo e pessoa vêm sempre acompanhados de sorrisos e brincadeiras.


 


Ingredientes:


2 iogurtes com aroma de morango (125 gramas cada um)


5 ovos


2 medidas de açúcar branco


1 medida de óleo


3,5 medidas de farinha com fermento


Sal q.b


 


Para a Glace:


1 clara


200 gramas de açúcar em pó


1 colher de sopa de sumo de limão


 


Preparação:


Ligue o forno nos 160º.


Separe os ovos. Bata as claras com uma pitada de sal até ficarem em castelo. 


À parte, bata as gemas juntamente com os iogurtes e o açúcar, até obter um creme fofo, homogéneo.


Sem parar de bater, adicione o óleo.


Reduza a velocidade da batedeira e adicione a farinha. Bata até ficar tudo homogenizado.


Ainda com a batedeira numa velocidade baixa, adicione as claras previamente batidas e bata até estas ficarem bem integradas na massa. Tenha cuidado para não bater demasiado.


Verta a massa numa forma previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha e leve ao forno durante cerca de 50 minutos. Faça o teste do palito.


Retire o bolo do forno e deixe arrefecer durante 10 minutos antes de desenformar.


 


Preparação da glace:


Bata a clar juntamente com o açúcar em pó e o sumo de limão durante cerca de 5 minutos, até obter uma pasta branca e densa.


Cubra o bolo, já frio, e decore a gosto.


DSC_0530.jpg


DSC_0519.jpg


DSC_0520.jpg


DSC_0523.jpg


 


 

Surpresas de roupa velha e queijo de cabra

DSC_0358.jpg
Com o espírito natalício em modo "ON", é difícil não recorrer a ingredientes da época. O bacalhau.. sim, o Rei da mesa na noite de consoada, os frutos secos e os queijinhos, que ficam sempre bem, são apenas alguns dos ingredientes desta receita que se faz, por tradição, depois do Natal para aproveitar os restos.
Deixo-vos com esta receita de roupa velha de bacalhau, aqui com uma apresentação renovada.

Bolo rico de maçã

DSC_0446.jpg


Aromático, fofo e húmido, este bolo de maçã é excelente para qualquer hora do dia, desde o pequeno almoço à sobremesa de um jantar mais requintado.


 


Ingredientes:


75 gramas de creme vegetal (uso Planta sabor a manteiga)
130 gramas de açúcar amarelo


3 ovos


150 gramas de farinha com fermento


1 colher de chá de canela


2 maçãs médias


Açúcar em pó q.b para polvilhar


 


Preparação:


Ligue o forno nos 175º.


Lave e retire os caroços às maçãs. Corte-as em pequenos cubos  ou palitos finos, com a ajuda de uma mandolina. Reserve.


Bata o creme vegetal juntamente com o açúcar até obter um creme fofo.


Adicione as gemas e bata mais um pouco.


Adicione a maçã, seguida da farinha e a canela e misture bem com uma colher de pau.


Bata as claras em castelo e incorpore-as na massa anterior, com movimentos cuidadosos.


Verta o preparado numa forma com 20 cms de diâmetro previamente untada com manteiga e polvilhada com farinha e leve ao forno durante cerca de meia hora. Faça o teste do palito.


Deixe arrefecer durante 5 minutos dentro da forma.


Desenforme e polvilhe com açúcar em pó.


DSC_0423.jpg


DSC_0426.jpg


DSC_0429.jpg


DSC_0431.jpg


DSC_0439.jpg


DSC_0441.jpg


DSC_0443.jpg


DSC_0445.jpg


 


 


DSC_0416.jpg


DSC_0417.jpg


DSC_0420.jpg


 


 


 


 

Bolo anjo de chocolate

DSC_0337.jpg


Depois de, algumas semanas atrás, ter experimentado o Angel Food Cake, ao qual não fiquei indiferente, decidi fazer uma variante para os aqueles "chocoholics", que é como quem diz, viciados no chocolate :)


Igualmente isento de gorduras, mas com suave sabor a chocolate, que lhe é provido através da adição de cacau, este novo "anjo moreno" faz o par perfeito com uma chávena de café bem forte.


*Para os que se perguntam se não deveria ser redondo, A Metalúrgica criou uma série de formas para este tipo de bolo, bem originais, em formato de flor, quadrado, e até mesmo coração! Espreitem-nas AQUI.


 


Ingredientes:
12 claras de ovos médios (360 gramas)
300 gramas de açúcar
100 gramas de farinha com fermento
50 gramas de cacau


1 colher de chá de cremor tártaro
1 limão (raspa da casca)
1 colher de café de sal

Preparação:
Ligue o forno nos 175º.
Numa taça bem limpa e seca, bata as claras juntamente com o sal. Assim que começarem a fazer espuma, adicione dois terços do açúcar e o cremor tártaro e bata e continue a bater até obter um merengue com picos não demasiado definidos.
Peneire o restante açúcar juntamente com a farinha e o cacau. Adicione a mistura de farinha e açúcar mais a raspa da casca do limão às claras e misture, com a ajuda de uma espátula, muito cuidadosamente, certificando-se de que não fica com grumos de farinha.
Verta o preparado numa forma comchaminé, antiaderente, sem untar.
Leve ao forno durante 30 a 40 minutos, até ficar dourado e, ao espetar uma faca afiada, esta não saia com restos de massa.
Retire do forno e, dê a volta para cima de uma grelha ou chávena, de modo a impedir que o bolo toque na superfície para fazer circular o ar. Não se preocupe, ele não vai cair!
Depois de completamente frio, passe uma faca ou espátula fina ao redor do bolo e do canudo para o descolar.
Desenforme e decore a gosto, com um pouco de açúcar em pó, chocolate ou frutos.


DSC_0327.jpg


DSC_0337.jpg


DSC_0341.jpg


DSC_0344.jpg


 

Rabanadas de Alvarinho recheadas com queijo de cabra e doce de pera

DSC_0383.jpg


Porque sou da terra do Alvarinho e defendo a utilização dos produtos locais, apresento-vos uma receita de Natal, criada com 3 produtos fantásticos:


Doce de pêra Rocha, citrinos e gengibre, d'O Pomar das Andorinhas


Queijo de cabra da Queijaria Prados de Melgaço


Vinho Alvarinho da Quinta de Santiago


 


Ingredientes:


12 fatias de pão de forma


200 ml de vinho Alvarinho


1 queijinho de cabra com cerca de 100 gramas


1/2 frasco de doce de pêra (utilizei este de  Pêra Rocha, Citrinos e Gengibre)


2 ovos 


100 gramas de açúcar


1 pau de canela


50 gramas de manteiga


Açúcar em pó q.b para polvilhar


 


Preparação:


Disponha, numa bancada, 6 fatias de pão de forma.


Coloque, no centro de cada fatia de pão, uma colher de sobremesa do doce e um pouco de queijo.


Sobreponha as restantes fatias e faça pressão com os dedos à volta do recheio, fazendo uma espécie de ravioli.


Com um cortador ou copo, corte cada "sandwich", de forma a que estas fiquem seladas. Reserve.


Num tacho, leve ao lume o vinho Alvarinho juntamente com o açúcar e o pau de canela e deixe ferver por 5 minutos.


Deixe arrefecer um pouco e, muito cuidadosamente, passe molhe "sandwich" no vinho.


Aqueça uma frigideira com a manteiga.


Passe as rabanadas pelos ovos, previamente batidos, e frite-as na manteiga derretida, deixando que fiquem douradas de ambos lados.


Sirva estas deliciosas rabanadas ainda quentes, polvilhadas com açúcar em pó.


DSC_0401.jpg


DSC_0402.jpg


 


DSC_0405.jpg


DSC_0408.jpg