DSC_0304.JPG


Quando não trabalho ao fim de semana e chove lá fora, só me apetece ligar o forno e a verdade é que ninguém cá em casa consegue resistir quando dele sai aquele cheirinho a pão acabado de cozer. Esta é a minha versão da trança de frutos, que podem substituir por nozes ou sultanas, se preferirem.


Uma coisa é certa, não há dinheiro que pague uma fatia desta trança ainda morna barrada com uma boa manteiga. Experimentem e contem-me quem conseguir!


 


 


Ingredientes para duas tranças grandes:


1 kg de farinha tipo 65 sem fermento mais alguma para polvilhar


500 ml de leite morno


1 colher de sobremesa de sal fino


80 gramas de açúcar


100 gramas de manteiga a temperatura ambiente


50 gramas de fermento fresco de padeiro


3 ovos


500 gramas de frutos cristalizados cortados em cubos


Açúcar em pó para polvilhar


1 gema para pincelar


 


Preparação:


Coloque a farinha num recipiente grande. Abra uma cova no centro e coloque todos os restantes ingredientes.


Com os dedos e fazendo movimentos circulares, vá arrastando para o centro a farinha, misturando-a com os restantes ingredientes.


Amasse até obter uma massa elástica que se descole ddo fundo e paredes do recipiente. Tente não adicionar muita farinha.


Forme uma bola e polvilhe ligeiramente com farinha. Tape com película aderente e deixe repousar até dobrar de volume, num local tépido e afastado de correntes de ar.


Assim que a massa tiver levedado volte a amassá-la para retirar parte do gás e transfira-a para uma bancada polvilhada com farinha.


Com a ajuda de um rolo de cozinha, estenda um rectângulo com cerca de 1 cm de espessura.


Espalhe os frutos em cima da massa e enrole, apertando até obter um cilindo compacto.


Ligue agora o forno nos 180º.


Divida a massa em duas partes iguais.


Ajudando-se d euma faca, corte cada cilindo ao meio, na longitudinal, mas sem que a faca contacte com a bancada, para as metades não se soltarem.


Dobre cada cilindo de massa ao meio e forme uma trança/cordão, sendo que a parte cortada deverá ser visível, ficando na maior parte para cima.


Coloque cada trança num tabuleiro forrado com papel vegetal. Adicione uma colher de sopa de água à gema e pincele as tranças.


Leve ao forno durante 25 a 30 minutos, até terem uma cor dourada e estarem cozidas.


Deixe arrefecer e polvilhe com um pouco de açúcar em pó.


 


Dica: Para dar um brilho extra a este tipo de pães doces gosto de os pincelar, ainda quentes, com um pouco de geleia neutra ou doce de alperce.


DSC_0287.JPG


DSC_0289.JPG


DSC_0290.JPG


DSC_0291.JPG


DSC_0293.JPG


DSC_0294.JPG


DSC_0296.JPG


DSC_0297.JPG


DSC_0299.JPG


DSC_0300.JPG


DSC_0302.JPG


DSC_0305.JPG


DSC_0306.JPG


DSC_0308.JPG


 

3 comentários

  1. Lindona! Está maravilhosa! Passa já para cá duas fatias! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Olá, sou a Isabel e acompanho o seu blog há algum tempo, sou aliás leitora assídua de muitos outros blogs diáriamente, e, como tal decidi criar um sítio onde divulgo os blogs que acompanho, (mas apenas escritos por portugueses, estejam onde estiverem) sejam eles de receitas, artesanato, fotografias, moda, decoração, opiniões ou relatos.

    Faço um pequeno tópico onde convido á visita dos blogs, com hiperlink bem visível, de alguns posts do dia.

    Não faço reprodução de fotos nem textos dos autores, leio, divulgo e comento.
    (Todas as fotos publicadas no meu blog são da minha autoria.)

    É um blog diferente de todos os outros, acaba de nascer, mas que me faz feliz.

    Estou em "Conchas e Búzios" (http://conchasebuzios.blogspot.pt/).

    Resta-me apenas parabenizar o seu trabalho e agradecer uma visita ao meu cantinho quando for oportuno.

    Isabel Guerreiro
    iguerreiro2002@gmail.com

    ResponderEliminar

Contact

© Faz e Come
Design by The Basic Page