Doce de pêra com alvarinho e sultanas

Hoje continuamos com a produção de compotas cá em casa. O objetivo é aproveitar o excesso de fruta da época. 
Para não cair na rotina dos sabores tradicionais, hoje decidi adicionar um pouco de acidez e aroma às pêras, através da adição de um vinho tão nosso, assim como também alguma textura com umas sultanas douradas. O resultado?? Diz quem provou (modéstia à parte, mas eu também incluído), que está de comer e chorar por mais :)

Ingredientes:
1 kg de pêras descaroçadas, cortadas em pedaços
700 gramas de açúcar amarelo
150 ml de vinho alvarinho
150 gramas de sultanas

Preparação na Bimby:
Coloque as pêras juntamente com o açúcar e o vinho no jarro.
Tape, coloque o copo medidor e triture 10 segundos na velocidade 6.
Retire o copo de medida e coloque em cima da tampa o cesto.
Programa 50 minutos a 120º na velocidade 1.
Adicione as sultanas e programe mais 10 minutos a 120º na velocidade 1.
Distribua imediatamente por frascos de vidro esterilizados e volte-os de tampa para baixo em cima de um pano até arrefecer.

Preparação segundo o método tradicional:
Coloque as pêras, o açúcar amarelo e o vinho num tacho. 
Leve ao lume durante cerca de hora e meia, mexendo de vez em quando. 
Adicione as sultanas e cozinhe, mexendo durante cerca de mais 15 minutos, ou até que atinja o ponto de estrada (quando passar a colher de pau no meio do tacho, deverá abrir-se uma "estrada".
Distribua imediatamente por frascos de vidro esterilizados e volte-os de tampa para baixo em cima de um pano até arrefecer.

Bossa Nova - Garota de Ipanema (high quality)

Doce de maçã e abóbora com alfazema e sementes de sésamo preto

Chegou o Outono e não poderiamos dar-lhe melhores boas vindas do que guardando alguma da  doce e perfumada fruta que nos brindou o verão.
Inicialmente ia fazer compota de maçã com rosas, mas quando fui ao jardim, as rosas tinham-se ido... Como não sou homem de baixar os braços, tratei de arranjar outra combinação que ficou excelente. Para terem uma noção, a Dona Helena que, para quem nem conhece, é só a melhor mãe do mundo :p que não gosta de doces, provou, repetiu e até lambeu os dedos...

Ingredientes para 3 frascos médios:
600 gramas de maçã sem caroços
150 gramas de abóbora sem casca
1 laranja (sumo)
375 gramas de açúcar
1 colher de sopa bem cheia de sementes de sésamo pretas
1 colher de chá de folhas de alfazema

Preparação na Bimby:
Corte as maçãs e a abóbora em pedaços e coloque no copo da Bimby, juntamente com o sumo de laranja, o açúcar e as folhas de alfazema,
Programe 10 segundos na velocidade 6.
Programe, então, 33 minutos a 120º na velocidade 1.
Quando faltarem 5 minutos para terminar o tempo, pelo orifício superior, adicione as sementes de sésamo.
Assim que a compota estiver pronta, divida por frascos em vidro esterilizados, tape e deixe-os arrefecer de boca para baixo em cima de um pano.
Uma vez aberto o frasco, conserve no frigorífico e consuma quanto antes.

Preparação tradicional:
Corte as maçãs e a abóbora em pedaços.
Coloque num tacho juntamente com o sumo da laranja, o açúcar e as folhas de alfazema. 
Cozinhe, mexendo, até obter a consistência desejada, cerca de 45 minutos. Perto do final, adicione as sementes de sésamo e continue a mexer. 
Se não gostar do doce mais texturizado, no final triture com a varinha mágica.
Divida por frascos em vidro esterilizados, tape e deixe-os arrefecer de boca para baixo em cima de um pano.
Uma vez aberto o frasco, conserve no frigorífico e consuma quanto antes.

Risotto de Cantharellus e ceps

Hoje, domingo, não estava previsto cozinhar, mas assim que os primeiros cogumelos da temporada me apareceram à porta pelas mãos da Flores da Aldeia mudei logo de ideias :) 
Já que o Outono está mesmo à espreita, que melhor forma de utilizá-los senão num belo risotto?  O resultado foi um prato cheio de fragrâncias,saboroso e reconfortante para estas noites já frias e húmidas.

Ingredientes para 4 pessoas:
300 gramas de cogumelos silvestres (usei Cantharellus e ceps)
300 gramas de arroz arbório
2 chalotas picadas
1 dente de alho picado
2 colheres de sopa de azeite
25 gramas de manteiga
50 gramas de queijo Parmesão ralado no momento
1/2 copo de vinho branco
1 litro de caldo de galinha (aproximadamente)
Sal e pimenta q.b
Comece por limpar os cogumelos com a ajuda de um pincel; reserve.
Coloque o caldo ao lume, mantendo-o quase a ferver.
Aqueça uma frigideira ou tacho de fundo largo; adicione o azeite, seguido das chalotas e do alho picado. Salteie até ficarem transparentes.
Adicione o arroz e deixe fritar durante cerca de 2 minutos, mexendo. Regue com o vinho branco, mexa e deixe evaporar. Adicione, então, os cogumelos e deixe cozinhar até ficar sem praticamente líquido nenhum.
Adicione um pouco de caldo e mexa com a frigideira até que este seja absorvido pelo arroz. Vá adicionando o restante caldo gradualmente. Cerca de 18 minutos depois prove o arroz e, este estiver al dente, retire do lume. Tempere com sal e pimenta. Adicione a manteiga e o Parmesão, mexa e deixe repousar durante cerca de 1 minuto. 
Sirva de imediato.

Tarte de côco

Preparação na Bimby:

Estamos em plena época de vindimas e é por hábito preparar uma sobremesa para recompensar os voluntários que vêm ajudar cá em casa. Como ultimamente o tempo escasseia, hoje tratei de preparar algo rápido mas ao mesmo tempo delicioso. Pronta em pouco mais de meia hora, esta tarte com exterior crocante e  recheio  fofo, esta tarte será a protagonista no almoço de amanhã.
Ingredientes para a massa quebrada:
150 gramas de farinha
50 gramas de manteiga
35 ml de água fria
1/2 colher de café de sal
Coloque no copo todos os ingredientes e bata 15 segundos na velocidade 6.
Passe para uma superfície polvilhada com farinha e estenda com o rolo da massa.
Forre uma forma de tarte com fundo amovível e reserve.

Ingredientes para o recheio:
200 gramas de leite condensado (1/2 lata)
3 ovos
60 gramas de farinha
75 gramas de coco ralado
25 gramas de Vaqueiro líquida
1 colher de sopa de açúcar em pó
Coloque no copo os ovos juntamente com o leite condensado. Coloque a borboleta e programe 2 minutos na velocidade 5.
Adicione a farinha, o coco ralado e a Vaqueiro líquida e programe 30 segundos na velocidade 3.
Verta o preparado na forma forrada e leve a forno pré-aquecido a 175º durante cerca de 25 minutos.
Deixe arrefecer, desenforme e sirva polvilhado com açúcar em pó.

Método tradicional:

Para a massa, coloque  num recipiente a manteiga e a farinha e amasse bem até obter uma mistura esfarelada. Adicione os restantes ingredientes e misture bem. 

Para o recheio, bata os ovos juntamente com o leite condensado. Adicione a Vaqueiro líquida, o coco ralado e a farinha. Bata mais um pouco até que todos os ingredientes estejam ligados.

Creme de abóbora com fiambre de perú

Estes dias mais cinzentos trazem aquela vontade de comida com sabor a Outono, pelo que hoje para o almoço sugiro-vos uma sopa bem quentinha para reforçar as energias.

Ingredientes:
  • 1 dente alho, descascado
  • 1 cebola média, descascada, cortada em pedaços
  • 500 grama abóbora, descascada, cortada em pedaços
  • 50 grama azeite
  • 500 grama água
  • q.b. sal
  • q.b. pimenta branca moída
  • 100 grama fiambre de perú, cortado em tirinhas
 
 Preparação na Bimby:
  1. Coloque no copo o alho e a cebola
  2. Tape, coloque o copo medidor e programe 3 segundos na velocidade 5
  3. Adicione a abóbora e o azeite. Coloque a tampa e o copo medidor e programe 7 minutos a 120º na velocidade 1,5
  4. Adicione a água, uma pitada de sal e pimenta. Coloque a tampa e o copo medidor e programe mais 15 minutos a 100º na Colher de pau
  5. Prove, retifique os temperos e programe 30 segundos na velocidade 10
  6. Distribua pelos pratos e disponha no centro de cada um pouco do fiambre de perú.

Método tradicional:
  1. Coloque o alho, a cebola, a abóbora e o azeite numa panela e refogue por 5 minutos, mexendo de vez em quando.
  2. Adicione a água, tempere com sal e pimenta e deixe ferver uns 20 minutos.
  3. Triture com a varinha mágica e retifique os temperos.
  4. Distribua pelos pratos e disponha no centro de cada um pouco do fiambre de perú.

Bolo mármore de iogurte

Hoje chegámos aos 3500 seguidores na página do Facebook e, como não poderia deixar de ser, há bolinho para comemorar! Um daqueles bolos que me faz recordar os tempos de infância em que a "mamã", como eu  e o meu irmão chamamos ainda àquela que sempre deu tudo por nós, aquela Mulher tão generosa, também conhecida por Dona Helena :) E que melhor forma de recordar aqueles sábados à noite em que, assim que o tirava do forno do fogão a lenha, o bolo viajava logo para  a janela arrefecer, pois a vontade de tirar uma fatia antes de ir dormir era tanta...
Hoje aproveitei também para fazer o meu primeiro bolo na fantástica Bimby 5ª Geração :)

Ingredientes:
180 gramas de açúcar
5 ovos
230 gramas de farinha com fermento
170 gramas de iogurte grego natural
100 gramas de Vaqueiro líquida
25 gramas de cacau magro em pó

Preparação na Bimby:
Aqueça o forno a 180º. Unte uma forma de chaminé com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
Coloque no copo os 5 ovos mais 180 gramas de açúcar. Programe 40 segundos na velocidade 3. Adicione 230 gramas de farinha com fermento, 170 gramas de iogurte grego e 100 gramas de Vaqueiro líquida. Tape, coloque o copo doseador e programe 1minuto e 10 segundos na velocidade 5.
Retire metade do preparado para um recipiente e reserve. No copo, adicione 25 gramas de cacau e programe mais 15 segundos na velocidade 5.
Alterne os dois preparados em camadas na forma e leve ao forno durante cerca de 30 a 35 minutos.
Deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.

Método tradicional:
Aqueça o forno a 180º. Unte uma forma de chaminé com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve.
Bata a Vaqueiro líquida com o açúcar. Adicione os ovos, um a um, batendo com a batedeira a cada adição.
Adicione a o iogurte e bata bem. Incorpore a farinha, peneirada, mexendo. 
Divida o preparado por dois recipientes. Num dos recipientes,  adiciones o cacau em pó e misture bem.
Alterne os dois preparados em camadas na forma e leve ao forno durante cerca de 30 a 35 minutos.
Deixe arrefecer um pouco antes de desenformar.


Donuts de abóbora




Uns donuts que farão as delícias dos mais pequenos, mas também dos adultos.

INGREDIENTES
350 gramas de farinha
1 colher de sopa de açúcar
100 ml de leite
1 pacotinho de fermento de padaria seco (cerca de 4 gramas)
30 gramas de manteiga
300 gramas de puré de abóbora cozida escorrida ainda morno

Focaccia com tomate cherry, Fetta e alecrim

Na outra semana tivemos uma surpresa na horta, apareceu, ninguém sabe como, um pé de tomate cherry carregadinhos de pequenas jóias vermelhas como rubis e como aqui em casa nunca se estraga nada, hoje foi dia de aproveitar esses tomatinhos preciosos. Acho que o perfume a pão acabado de fazer e o alecrim fundido com o aroma dos tomatinhos, azeite e queijo deixou mais de uma pessoa com vontade de atacar o forno :)

Ingredientes:
300 gramas de farinha
1 colher de chá de sal fino
25 gramas de fermento de padeira
1 colher de sopa de açúcar
2 colheres de sopa de azeite
150 ml de água morna
50 gramas de queijo Fetta
1 chávena de tomate cherry
1 colher de chá de folhas de alecrim cortadas grosseiramente
Azeite q.b
Numa superfície limpa, disponha a farinha.
Abra no centro uma cavidade e coloque nela o sal, o fermento, duas colheres de sopa de azeite, o açúcar e a água morna. Vá amassando de dentro para fora, até que a massa se despegue das mãos. Adicione mais água ou farinha, se necessário. Trabalhe a massa, esticando e batendo-a em cima da bancada polvilhada com farinha.
Forme uma bola, faça um corte em cruz, polvilhe com farinha e deixe levedar tapado com um pano durante, pelo menos, 45 minutos, ou até que a massa tenha duplicado o seu volume.
Estenda a massa em forma de retângulo, com a espessura de 1 cm. Com a ajuda de uma faca, faça cortes em forma de xadrez. Decore com os tomatinhos, o queijo fetta e as folhas de alecrim.
Regue com um fio de azeite e cozinhe em forno pré-aquecido a 200º durante cerca de 20 minutos.






Bolo de chocolate

Bom dia, gente simpática!! Quem se lembra da receita do Bolo de chocolate simples que partilhei ontem? E acharam mesmo que me ia ficar por ali? ;) Pois, é, almoço de domingo merece um bolinho algo mais pomposo, por isso hoje passei por aqui para vos dar alguns conselhos se quiserem tornar o simples em algo mais elegante e digno de um almoço em família ou com amigos....

Comece por fazer a receita que pode encontrar Aqui.
Ingredientes para a cobertura:
200 gramas de chocolate de leite
150 ml de natas para bater
1,5 colher de sopa de cacau magro em pó, para polvilhar

Parta 150 gramas do chocolate em pedaços para um recipiente. À parte, leve ao lume as natas num tachinho até que comece a ferver e verta sobre o chocolate. Deixe repousar durante 10 minutos, sem mexer. Mexa, então, e deixe arrefecer de um dia para o outro ou, então, reserve no frigorífico para acelerar o processo.
Bata a mistura de chocolate com natas energicamente até obter uma espécie de mousse. Barre o bolo com o auxílio de uma espátula e decore com o restante, utilizando o saco pasteleiro para fazer rosetas. Utilize o restante chocolate, colocando um pedacinho no topo de cada roseta.
Finalmente, polvilhe com o cacau recorrendo à ajuda de uma peneira ou pequeno coador.
Bom domingo e bons cozinhados!!!

Bolo simples de chocolate

Pensavam que vos deixava ir de fim de semana sem publicar uma receitinha??
Pois cá está ela, para aqueles que não são muito amantes de bolos muito doces, mas que gostam do sabor intenso a chocolate. E faz-se num instante, sem batedeira ;)

Ingredientes:
1 copo de cacau magro (usei uma medida de 200 ml) 
2 copos de farinha sem fermento
1 copo de açúcar
4 ovos
1 copo de óleo
1 copo de água quente (mas não fervente)
1 colher de chá de bicarbonato
Açúcar em pó para polvilhar
Num recipiente, coloque a farinha, o cacau, o bicarbonato e o açúcar; misture bem.
Abra uma cova no centro e adicione os ovos, o óleo e, finalmente, a água, mexendo bem com uma colher de pau até que todos os ingredientes fiquem bem ligados.
Verta o preparado numa forma untada com óleo e polvilhada com cacau em pó e cozinhe em forno pré-aquecido a 175º durante cerca de 50 minutos.
Deixe arrefecer um pouco, desenforme e polvilhe com açúcar em pó a gosto.
 

Bolo fôfo de milho com maçã e sultanas

E porque devemos valorizar os produtos de temporada, hoje fiz um bolinho de maçã, mas recorrendo desta vez a um ingrediente que cai cada vez mais em desuso, a farinha de milho. 
O resultado foi um bolo tão fofo e com um sabor algo rústico, que faz lembrar as cozinhas com forno de lenha.
Ingredientes:
3 ovos médios
250 gramas de açúcar amarelo
100 ml de Vaqueiro líquida
150 gramas de farinha de milho
75 gramas de farinha de trigo
1 colher de chá de fermento em pó
90 gramas de sultanas
50 gramas de amêndoa laminada
2 maçãs grandes
Sumo de limão q.b
Comece por descascar as maçãs; retire-lhes o caroço e corte em fatias finas; regue com um pouco de sumo de limão para evitar que oxidem e reserve.
Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha.
Num recipiente, bata bem o açúcar com a Vaqueiro líquida e as gemas.
Num recipiente à parte, bata as claras em castelo e envolva-as cuidadosamente no creme das gemas.
Retire um pouco da farinha e adicione-o às sultanas (para evitar que estas fiquem depositadas no fundo da forma). Peneire as restantes farinhas e o fermento e adicione ao preparado anterior, envolvendo gradualmente com a ajuda de uma espátula ou colher de pau. Adicione também as sultanas e envolva bem.
Na forma, verta um metade do preparado. Disponha uma camada de maçã, cubra com o resto da maçã e disponha por cima a restante maçã. Polvilhe com a amêndoa laminada e cozinhe em forno pré-aquecido a 175º durante cerca de uma hora ou até que, ao espetar um palito no centro, o mesmo saia seco.
Desenforme ainda morno.

Bolachinhas de manteiga

Bolachas de manteiga, um básico que nunca passa de moda