Como já devem ter percebido, tenho uma costelinha galega e não consigo evitar misturar a gastronomia da vizinha Galiza que tanto me acarinha com a nossa. 












Com as Jornadas Gastronómicas do Bacalhau 2014 a decorrer no Hotel Gastronómico Casa Rosalia em Brión, a 10 minutos de Santiago de Compostela, do 25 deste mês até ao dia 25 de Maio.

 

Eis que surge o convite para a abertura das mesmas. Javier Román, diretor do hotel, convidou-me para o primeiro jantar temático de bacalhau e para confecionar um dos meus pratos, que acabou por entrar nas várias ementas do menu.
Localizado num mio rural tão próximo da urbe, este pequeno hotel rural com encanto brinda-nos com um pátio e jardins onde a cor da esperança abunda e faz com que nos apeteça ficar mais um dia (e outro e outro e outro...).
            
Convidado para almoçar, acabei por optar por um menu que costumam servir de terça a sexta-feira, por algo menos que 15€ mas inclui entrada, prato principal, sobremesa, pão (daquele que sabe a casa da avó)  café. O menu escolhido foi: para começar, uma tábua de enchidos e queijo e uns mexilhões no forno, que ainda sinto o sabor a cebola crocante mas suculenta ao mesmo tempo... Seguiu-se lombo de porco com molho de nozes e umas batatas fritas caseiras, não excessivamente fritas em azeite, com  toque justo de sal, excelentes para repassar no molho até o prato ficar bem limpinho. Para terminar, e como não sou nada guloso, nada melhor que um sortido de sobremesas, que incluía tarte de queijo com redução de framboesa e alvarinho, crepes com nata, tarde de cuajada, tarte de café (sublime) que não era muito doce mas tinha duas texturas, uma mais gelatinosa e outra cremosa, que simplesmente se desfazia na boca.
Mas avancemos para o tema desta publicação, o bacalhau!!
Para começar, um workshop onde Rocío Garrido do blogue Cocina de mi Abuelo nos ensinou os truques e segredos de como fazer uma boa massa e recheio da empanada de bacalhau com passas; alguns tiveram o privilégio de meter as mãos na massa e o resultado foi uma empanada suculenta, como uma massa perfeita! Seguidamente, passámos à mesa onde nos foram servidos uma série de pratos: Almôndegas de bacalhau, Pimentos de Piquillo com bacalhau e béchamel, Roupa Velha que foi o prato confecionado por mim com a ajuda de Carlos, o cozinheiro. E continuamos... seguiu-me um arroz malandro de bacalhau, muito saboroso e reconfortante e como "segundo" prato ou quinto, já não sei, havia a escolher entre Bacalhau à Portuguesa, Bacalhau na brasa, Bacalhau ao Alvarinho e Bacalhau gratinado com legumes; eu escolhi este último e não me arrependo, estava no ponto de sal e cocção, com um gratinado muito saboroso que contrastava o sabor menos rico dos legumes.
Agora sim, para terminar, as sobremesas.... como já as tinha provado ao almoço, finquei-me mais na tarte de café, mas alguns até aspiraram o prato. Oops, afinal não ficamos por aqui... seguiram-se os cafés e os cocktails, onde não faltaram GinTonics dos mais variados sabores, frutados, florais...
Muito obrigado ao Javier pelo convite e  pela oportunidade de partilhar esta experiência com personagens super divertidas e agradáveis do mundo do turismo e da gastronomia, bem como aos outros convidados pelo convívio. Recomendo vivamente que visitem o restaurante e o hotel, são o plano perfeito para um fim de semana com amigos, em família ou uma escapada romântica cheia de muito sabor! 

1 comentário

Contact

© Faz e Come
Design by The Basic Page