1.14.2014

Creme de abóbora e batata doce

Depois de dois dias de descanso, volto a dar sinais de vida. Esta "escapadela" no PNPG-Parque Nacional da Peneda-Gerês serviu para desligar de fogões industriais, de serviço, horários e regras. Pequenos-almoços tardios com o bolinho caseiro tão bom da Dona Luisa, o queijo, o pão pendurado na porta logo de manhã; almoços "à espanhola"... sim, por volta das 4 da tarde ;)  

Não foram necessários muitos ingredientes para compor um menu mais rústico e agasalhador para o dia cinzento e chuvoso que espreitava pelo postigo da Eira da Lage, casa contígua à Casa do Cavaleiro, no Soajo. Para entrada, e porque inverno é sinónimo de sopas, um creme de abóbora e batata doce, suave mas reconfortante e mais ao pé da lareira, que serviu também para grelhar uma alheira de Mirandela, de fabrico caseiro: pouca gordura e pão, muita carne, sabor e textura.
Ingredientes para 4 pessoas:
700 grs de abóbora descascada e sem pevides 
1 batata doce grande
1 cebola média
1 dente de alho
0,5 dl de azeite de boa qualidade
50 grs de presunto
50 ml de natas
1, 5 l de água
Sal e pimenta branca q.b.
Numa panela, colocamos o azeite e deixamos aquecer; jutamos o dente de alho, a batata doce, a abóbora e a cebola cortados em pedaços. Deixamos refogar durante cerca de 5 minutos em lume médio-alto; adicionamos a água e o presunto; temperamos com sal, tapamos e deixamos cozinhar mais 20 a 30 minutos. Retiramos do fogo, "pescamos" o presunto, passamos com a varinha mágica, juntamos um pouco de pimenta e as natas. Mexemos e levamos novamente ao lume até levantar fervura. Servimos bem quente.


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

© Faz & Come. All rights reserved.