Parece que uma dessas viroses que provocam dores de cabeça realmente agudas também decidiu alojar-se em mim. Depois do dia inteiro de repouso, sofá e manta, sem panelas nem bolos, atacou-me outro vírus, que é aquele bichinho que não me deixa estar muito tempo sem cozinhar, e apeteceu-me fazer um bolo. Por acaso, estava a conversar com a Nathalie que também está em fase de repouso e disse que tinha feito um bolo de iogurte para as pequenas dela...  quando era pequeno, o sábado era dia de bolo em casa dos meus avós, de tarde ou à noite, a "mamã" fazia um bolinho no fogão a lenha, e a cozinha era inundada por aquela fragancia inconfundível, fusão dos aromas de um bolo a cozer e da lenha... parece que estou a ver as camisolas interiores minhas e do meu irmão penduradas numa corda ou na porta do fogão... Palavra puxa palavra e lá lhe consegui sacar a receita ;) Mas como a minha cunhada e uma amiga fizeram anos e também reclamam sempre que querem um bolinho, decidi cobri-lo com frutos vermelhos, de forma a que ficasse bem ensopado...
Ingredientes:
4 ovos
2 chávenas de açúcar
1,5 chávena de farinha
1/2 chávena de Maizena
1 iogurte natural ou com aroma
Uma medida do iogurte com  óleo
300 grs de frutos vermelhos frescos ou congelados
125 grs de açúcar para a cobertura
Num recipiente, colocamos os ovos inteiros e o açúcar, e batemos com a batedeira até obtermos um creme fofo esbranquiçado, com pelo menos o dobro do volume. Adicionamos o iogurte e o óleo e mexemos; peneiramos a farinha juntamente com a maizena e incorporamos no preparado anterior, envolvendo com o salazar. Vertemos numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha e cozinhamos em forno pré-aquecido a 170º durante cerca de 35 a 40 minutos. Como o meu forno é "acelarado", a maior parte das vezes a meio da cozedura tenho que cobrir o bolo com papel alumínio. Verifiquem se está cozido com a ajuda de um palito que, ao espetar o bolo, deverá sair seco.
Enquanto o bolo coze, colocamos num tacho os frutos vermelhos juntamente com o açúcar e levamos ao lume, mexendo, durante cerca de 10 minutos.
Retiramos o bolo, espetamos com um garfo e dispomos a mistura dos frutos, ainda quente, no centro, espalhando quase até ao bordo. Como me tinha sobrado um pouco de ganache de chocolate branco com rosas, fiz um pequeno enfeite ao redor com o saco de pasteleiro e uma boquilha frisada; se não o fizerem, ficará igualmente apetecível e poderão decorar com algumas folhar de hortelã, tendo o cuidado de que o bolo esteja frio, para não as cozer.

Enviar um comentário

Contact

INSTAGRAM FEED

© Faz e Come
Design by The Basic Page